Nutrição

Por Dr. Juliano C. Ludvig e Dra. Luiza D. Perini
Médicos, Especialistas em Gastroenterologia

O acompanhamento nutricional pode auxiliar no manejo da dispepsia funcional. Embora uma parcela significativa dos pacientes dispépticos relacionem piora dos seus sintomas com a ingestão de determinados alimentos, nenhuma dieta específica está indicada. 

Os alimentos que agravam os sintomas devem sempre ser evitados. Intolerâncias específicas, como ao glúten, lactose ou frutose, devem ser consideradas e, se confirmadas, a dieta de exclusão deve ser iniciada.

É importante seguir hábitos dietéticos saudáveis incluindo o fracionamento da dieta, alimentando-se mais vezes durante o dia e em menor quantidade, evitando assim refeições copiosas.  Comer devagar e mastigar bem os alimentos pode auxiliar no processo da digestão.

Alguns alimentos e hábitos podem agravar os sintomas do paciente, como por exemplo, alimentos gordurosos, condimentados, ácidos, cafeína e álcool.

A avaliação e acompanhamento com nutricionista é importante para identificação dos alimentos relacionados ao agravo dos sintomas e para orientação e manejo dietético individualizado no tratamento da dispepsia funcional. 

 

Dra. Luiza D. Perini é Médica, Especialista em Gastroenterologia pela Federação Brasileira de Gastroenterologia, Membro da diretoria da Acelbra-SC (Associação Brasileira dos Celíacos de Santa Catarina). Também é membro da Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva e Neurogastroenterologia, membro do Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil (GEDIIB) e International Member of the  merican Pancreatic Association (APA).

Dr. Juliano C. Ludvig é Médico, Especialista em Endoscopia Digestiva pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva – SOBED e Especialista em Gastroenterologia Clínica pela Federação Brasileira de Gastroenterologia – FBG. É Coordenador Regional da ABCD - Associação Brasileira de Colite e Doença de Crohn. É Membro Titular do GEDIIB - Grupo de Estudos das Doenças Inflamatórias Intestinais no Brasil. É Chefe do Setor de Gastroenterologia do Hospital Santa Isabel e Presidente do Centro de Estudos do mesmo hospital. Tem Residência Médica em Clínica Médica no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo e Residência Médica em Gastroenterologia no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo. Também é International Member of the American College of Gastroenterology e International Member Of the ECCO - European Crohn’s and Colitis Organization.

Contatos e solicitações de agendamento

Descreva em detalhes sua solicitação ou contato. Responderemos assim que possível através de um dos dados de contato informados abaixo.

*Campos obrigatórios

Canais de atendimento

Para fazer um agendamento de consulta, por favor utilize uma das formas de contato mostradas nesta seção.

Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Ed. Stein Tower - Rua Mal. Floriano Peixoto, 222 Sala 1203

Centro - 88160-076
Blumenau - SC

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Clique em "Minhas opções" para gerenciar suas preferências de cookies.

Minhas Opções Aceito

Quem pode usar seus cookies?

×

Marketing (1)

Códigos de rastreio com intuito de coletar informações para melhorar sua experiência com anúnciosmais detalhes ›

Tag Manager

Cookies necessários (1)

São essenciais pois garantem a segurança da sua navegação e nos permitem dimensionar o volume de acessos que temos. Sem esses cookies, alguns serviços essenciais do site não podem ser fornecidos. Esse nível é o mais básico e não pode ser desativado.
Benefícios: Apenas os necessários para que o site funcione.
Exemplos: Segurança, sessão do usuário, estatística básica de acesso.mais detalhes ›

Google Analytics